O Brasil teve em 2015 um aumento de 27,5% no número de queimadas, segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Foram detectados por satélites 235 mil pontos de calor, ante 184 mil de 2014. Trata-se do segundo pior ano de toda a série histórica, iniciada em 1999.

O número de focos de incêndio em 2015 só é menor que o registrado em 2010, quando houve 249 mil pontos detectados. Para o pesquisador Alberto Setzer, responsável no Inpe pelo monitoramento de queimadas no país, alguns fatores como o tempo seco, a falta de fiscalização e o aumento do desmatamento ajudam a explicar os dados.

“Foi um ano mais seco. Grande parte do país conviveu com uma estiagem prolongada. Poucas semanas atrás ainda havia o problema da fumaça em Manaus e várias cidades do Pará devido às queimadas tardias”, afirma Setzer.

Leia a matéria completa…Aqui!

Fonte: G1.com. Disponível em: <http://g1.globo.com/natureza/noticia/2016/01/queimadas-crescem-275-e-brasil-registra-2-pior-ano-desde-1999.html>. Acessado em 06 de janeiro de 2016.

Deixe uma comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *