No dia 2 de julho de 1856, através do decreto Imperial n° 755, foi criado por D.Pedro II o primeiro Corpo de Bombeiros do país, o Corpo de Bombeiros Provisórios da Corte. Até então, quando o sinal de incêndio era dado pelos sinos das igrejas, toda a população corria para ajudar com baldes d´água, formando uma enorme fila junto às chamas.

Desde 1954, comemora-se oficialmente nessa data o Dia Nacional do Bombeiro, quando o então presidente Getúlio Vargas assinou o decreto federal n° 35.309, instituindo a data.

Onde em seu texto é reconhecido que “o bombeiro brasileiro sempre recebeu demonstrações, as mais carinhosas, do povo pelas constantes provas de valor e bravura”

O que é um bombeiro

É um homem como você e como eu. Que vive naquela casa, vizinho seu. Que tem a serenidade de um adulto mas a mente inquieta de um menino que nunca superou a emoção que se sente ao escutar o ruído dos motores e sirenes, ao vislumbre das labaredas e perigos. Uma pessoa com defeitos, preocupações e sonhos não realizados com o passar dos anos, um ser humano talvez com mais humildade e bondade que a maioria de nós.

Este é um Bombeiro!

É aquele que se dispõe aos maiores esforços sempre que soa o alarme; É aquele que pode ser o mais e o menos afortunado dos homens; É aquele que sabe o valor da vida, pois viu e sentiu o grande poder de forças violentas sem controle.

Fonte: http://www.vozesdapaz.com.br/mensagens/2013/07/homenagem-ao-dia-dos-bombeiros/

Deixe uma comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *